Home Comportamento Cultura Relembre as bicicletas que todo mundo teve (ou quis ter) no Brasil
Relembre as bicicletas que todo mundo teve (ou quis ter) no Brasil
0

Relembre as bicicletas que todo mundo teve (ou quis ter) no Brasil

0
0

Entre as décadas de 1960 e 1990 o Brasil contava com duas marcas que eram responsáveis por cerca de 95% do mercado de bicicletas: a Caloi e a Monark. Provavelmente você e os seus amigos tiveram pelo menos uma delas durante este período da história. Vamos relembrar essas bikes que marcaram época por aqui:

 

Caloi 10
(Caloi/Divulgação)

Um clássico do ciclismo nacional. A Caloi 10 foi lançada em 1972 como a primeira bicicleta de dez marchas produzida no Brasil. Com um guidão curvado para baixo e seus pneus fininhos, ela se destacava por sua semelhança com as bikes de competição.

 

BMX Monark
BMX Monark
BMX e BMX Tanque (Monark/Divulgação)

Em 1978, a Monark lançou duas versões da bicicleta: Especial e Super. A segunda ficou popularmente conhecida como Tanque por causa da sua aparência. Ela parecia contar com um tanque de combustível de uma motocicleta. A empresa ainda criou uma equipe de bicicross na época para alavancar seus lançamentos.

 

Caloi Ceci
Caloi Ceci
Caloi Ceci modelo 1979 (Caloi/Divulgação)

Com uma curvatura de quadro diferente da maioria dos modelos da época, a Ceci foi projetada com detalhes que interessaram bastante o público feminino. Com design que favorecia a pedalada mesmo para quem estivesse usando saia, ela também contava com uma cestinha em frente ao guidão.

 

Monareta Monark
Monareta Monark
Monareta modelo Olé 70 (Monark/Divulgação)

Apesar de ter sido lançada nos anos 60, ganhou maior popularidade na década seguinte, quando passou por algumas adaptações no seu design. Centauro, Brasil de Ouro, Águia de Ouro e Olé 70 foram alguns dos modelos criados e o fato dela ser dobrável foi um grande diferencial na época.

 

Monark Barra Circular
Monark Barra Circular
Monark Barra Circular modelo 1982 (Monark/Divulgação)

Não tem como não reconhecer o design dessa bicicleta. O círculo bem no meio do quadro foi sua marca registrada e acabou sendo copiado por outras empresas ao longo da história. Não possuía marchas e fez muito sucesso, principalmente nos anos 70 e 80.

 

Caloi Mountain Bike
Caloi Mountain Bike
Caloi Mountain Bike modelo Aspen (Caloi/Divulgação)

Lançada em 1989 no Brasil, ela foi a primeira do país destinada a todos os tipos de terreno. Seu quadro de aço e a possibilidade de mudar entre 15 marchas eram grandes diferenciais no mercado nacional da época.

 

Barraforte Caloi
Barraforte Caloi
Caloi Barraforte 1979 (Caloi/Divulgação)

Inspirada na Monark Barra Circular, a versão da Caloi não possuía o círculo em seu quadro, mas sim uma outra barra dando um charme especial ao seu design. Sem marchas, foi lançada em 1979 e tornou-se um símbolo de resistência, principalmente por seu quadro de aço e carbono.

 

Caloi Berlineta
Caloi Berlineta
Berlineta (Caloi/Divulgação)

A primeira bicicleta dobrável do Brasil não poderia ficar fora dessa lista. Ela chegou ao mercado tupiniquim em 1967.

 

Caloi Cross Extra Light
Caloi Cross Extra Light
Caloi Cross Extra Light (Caloi/Divulgação)

Com componentes feitos de alumínio anodizado coloridos e pneus também que fugiam do preto padrão, ela foi lançada em 1980 visando a prática do bicicross. Além da aparência inédita para a época, ela também se destacava pela resistência.

 

Caloi Aluminium
Caloi Aluminium
Caloi Aluminum (Caloi/Divulgação)

Este modelo marcou um novo período para as bicicletas brasileiras. Já na década de 1990, ele foi produzida toda em alumínio e 21 marchas.