Home Mobilidade Urbana Principal avenida de Madrid terá reforma por mais bikes e menos carros
Principal avenida de Madrid terá reforma por mais bikes e menos carros

Principal avenida de Madrid terá reforma por mais bikes e menos carros

0
0

A Gran Vía é a avenida mais conhecida de Madrid e, em 1910, foi considerada uma das obras mais importantes da história da Espanha. Graças à avenida foi possível conectar o centro da capital espanhola com o noroeste da cidade (Plaza de España). Agora, mais de cem anos após o início da sua construção, ela passará por uma reforma para se adaptar ao contexto atual e manter-se como uma das ruas mais emblemáticas do país.

Principal avenida de Madrid terá reforma por mais bikes e menos carros

Manuela Carmena, prefeita de Madrid, apresentou um projeto para a remodelação da Gran Vía. A avenida vai ganhar, dentre outras medidas, faixas exclusivas para bicicletas. Também serão reduzidas as faixas destinadas aos veículos particulares e as calçadas serão ampliadas. Além disso, a via será fechada ao tráfego de não-moradores.

Em parte da avenida serão mantidas apenas quatro faixas, as quais duas serão para o transporte público e outras duas serão “ciclofaixas 30”, onde o veículo particular (que não pode ir mais de 30 quilômetros por hora) compartilha o espaço com a bicicleta. Num trecho, os ciclistas contarão, na direção da subida, com uma ciclovia separada do resto dos veículos, tendo em vista a inclinação da rua e o maior risco de acidentes. Esse trecho, portanto, terá cinco pistas.

Segundo comunicado publicado pela prefeitura da capital espanhola, o plano tem como objetivo “a redução e reorganização das faixas para criar um sistema de mobilidade no qual a bicicleta se integre com o resto do tráfego”.

A previsão de duração das obras é de oito meses, ou seja, no outono de 2018 já será possível desfrutar da nova Gran Vía, atualizada pelas necessidades e anseios da sociedade moderna que se preocupa com o meio ambiente, com a saúde e com a praticidade de deslocamento nas suas cidades.

tags: