1. Home
  2. Comportamento
  3. Atitude
  4. Ciclistas transformam rotas em desenhos no Strava
Ciclistas transformam rotas em desenhos no Strava
1

Ciclistas transformam rotas em desenhos no Strava

0
1

Para quem ainda não se familiarizou, o Strava é um aplicativo que grava trajetos e permite que ciclistas e corredores de todo o mundo possam interagir. O aplicativo utiliza o GPS do celular para deixar os percursos realizados gravados em um histórico que pode ser compartilhado através do seu perfil.

Com ele é possível receber comentários, ter seguidores, encontrar informações e sugestões, tentar bater os recordes de seus amigos e também propor desafios. Mas a criatividade de alguns usuários encontrou uma outra utilidade para o app: fazer desenhos no Strava. É isso mesmo!

Strava_Art_03

O desenho de bicicleta acima foi feito pelo inglês David Taylor, de 60 anos de idade, que pedalou mais de 340 km para traçar este percurso. Taylor gerou grande repercussão não só pela criatividade, mas porque pedalou a uma velocidade média de 26 km/h durante 13 horas de trajeto total. A partir daí, mais gente entrou na brincadeira e muitos recordes de velocidade e tempo foram deixados de lado para dar lugar à criatividade.

Casa comigo, Emily?

Teve até pedido de casamento do americano Murphy Mack para a sua namorada. Para isso, pedalou 28 quilômetros e publicou o desenho em seu perfil do Strava, impressionando não só a sua namorada, mas todos os seus seguidores.

Este enorme peru foi traçado no estado da Califórnia, nos EUA. Para tanto, foram percorridos 85 km. O desenho impressiona pela riqueza de detalhes e perfeccionismo, é quase difícil de imaginar que alguém pode tê-lo feito em um trajeto de bike…

Esta imagem foi feita pelo ciclista Jay Adams, para o dia das mães. Jay afirma que trata-se de um “grande cartão de dia das mães de Minneapolis”, onde foi feito o trajeto. Ele percorreu 96,2 km em 4 horas para fazer o desenho. A página oficial do Strava no Twitter o congratulou pelo feito, retweetando a sua imagem. A página tem feito o mesmo com os desenhos mais criativos de outros ciclistas.

Este é o simpático pônei “percorrido” pelo David Taylor, o mesmo ciclista que fez o desenho da bike e lançou a vibe artística no Strava. O desenho impressiona, novamente, pela riqueza de detalhes, sendo melhor que muitos desenhos feitos à mão. As linhas nos mostram que o ciclista deu algumas pequenas voltas só para caprichar na imagem! Conseguiu!

Erik Wild, da Califórnia, percorreu 77,1 Km para fazer este peixe na Suíça, chamando a atenção para o dia mundial da água. O ciclista levou pouco mais de duas horas para fazer o percurso. Sua atitude gerou milhares de comentários positivos e muita repercussão.

Foto em destaque via