1. Home
  2. Empreendedorismo
  3. Vai de bike, mas fica fedido? Seus problemas acabaram!
Vai de bike, mas fica fedido? Seus problemas acabaram!

Vai de bike, mas fica fedido? Seus problemas acabaram!

0
1

Um dos argumentos mais usados por quem ainda não adotou a bicicleta para o dia a dia é o de chegar suado ao trabalho. É verdade, afinal, você está fazendo uma atividade física (ainda bem!). Mas se você não tem a opção de tomar um banho ou trocar de roupa antes de começar a labuta, pode começar a usar roupas especiais para ciclistas urbanos. Já tem grife especializada no assunto!

velo-02

velo-01

Em uma ideia entre a mãe Claudia Pereira Weingrill, a filha Nina Weingrill e a estilista Camila Silveira, a Velô foi criada. As peças são confeccionadas com fibras sintéticas, que são mais leves, não amassam, protegem contra raios ultravioletas e ainda permitem a entrada de ar, segundo a marca. O tecido também conta com acabamento bacteriostático, que inibe a proliferação das bactérias e o mau cheiro causado pelo suor.

velo-socias
Claudia Pereira Weingrill, Nina Weingrill e Camila Silveira. Foto: Reprodução / Velô

A missão da estilista Camila Silveira é desenhar peças que facilitem os movimentos durante a pedalada. As calças possuem aberturas nos joelhos que deixam as pernas mais livres para pedalar. Já as saias e os vestidos vêm com um minishort por baixo para evitar que as meninas “paguem calcinha” por aí 😉

Disponíveis para compra pelo site da Velô e também na loja Aro 27 Bike Café, em Pinheiros (São Paulo), as roupas têm preços diversos, desde R$ 30 por uma tornozeleira que evita que a barra da calça enrosque na coroa da bicicleta, até R$ 380 para uma capa de chuva ajustável ao corpo.

velo-05

velo-06

Criada em agosto de 2014, mas planejada desde 2012, a empresa aproveitou a ascensão do mundo biker, principalmente pela implantação das ciclofaixas em São Paulo, para se inserir  no mercado. Vale a pena tentar!

velo-03

velo-04

 

Fotos: Divulgação / Velô