Home Tecnologia Nova invenção transforma ar em água enquanto você pedala
Nova invenção transforma ar em água enquanto você pedala

Nova invenção transforma ar em água enquanto você pedala

0
0

A água é fundamental para a vida, e para quem realiza atividades físicas (como pedalar) é mais ainda. Mas quem nunca esqueceu de levar uma garrafinha junto, né? Para que isso nunca mais aconteça, inventaram um dispositivo para ser acoplado à bicicleta que produz água a partir do ar. É isso mesmo! Você não leu errado nem acordou no futuro. A novidade promete revolucionar não só a vida dos ciclistas, mas do homem em geral.

Apelidado de Fontus, o aparelho foi baseado em técnicas de sobrevivência no deserto e é muito útil para ciclistas que fazem percursos longos, principalmente em locais afastados, como trilhas, onde encontrar água potável não é uma tarefa das mais fáceis. Pelo seu invento, o designer austríaco Kristof Retezar foi premiado em uma competição de novas tecnologias sustentáveis e ecologicamente corretas organizada pela Fundação James Dyson.

fontus-01

 

fontus-02

fontus-03

Como funciona

O aparelho acoplado às bikes utiliza um condensador elétrico chamado de Peltier Element. Com a bicicleta em movimento, o ar entra no condensador por meio de furos assimétricos. Em seguida, o ar é condensado, separando as partículas de água, que são coletadas em uma garrafa PET. A quantidade de água produzida pelo Fontus varia de acordo com as condições climáticas do ambiente, mas, em média, uma garrafa de 500 ml é enchida em aproximadamente 30 minutos.

fontus-03b

Responsabilidade social

De acordo com o site Tech Insider, a novidade para ciclistas também tem objetivos sociais que vão além de saciar a sede de quem está pedalando. Retezar, o criador do Fontus, pensa em utilizar sua invenção para ajudar a produzir água para pessoas que vivem em áreas críticas. Segundo ele, produzir água por meio de seu invento é muito mais prático e menos complexo do que os sistemas de purificação utilizados atualmente.

fontus-04b

fontus-05

É possível adquirir o Fontus?

O aparelho ainda não está à venda porque ainda está em fase de testes e passa por modificações, como a instalação de um filtro de carbono, que tem por objetivo filtrar a água de impurezas e contaminantes que possam estar presentes no ar. Esse aprimoramento é fundamental para quem vive em cidades grandes e, consequentemente, poluídas. Em São Paulo, por exemplo, a água produzida não seria recomendável para o consumo.

Ainda não há uma previsão de quando o dispositivo será colocado à venda para os consumidores, porém já existe uma especulação quanto ao preço, que deve ficar em torno de 100 dólares.

Vamos torcer que avancem nesse projeto!

 

Fotos: Divulgação / Fontus